17 de mai de 2017

13 reasons Why: Não seja um porque de alguém

|
Oi amores, tudo bem? Eu nem sei por onde começar a falar no post de hoje. Demorei muito e me relutei muito para falar algo sobre o assunto que aborda nesta série: Depressão, abuso, bullyng e suicídio. Eu assisti esta série já faz um tempo (um mês depois que estourou a série no netflix) e ainda não superei. 

Acho que é uma das poucas séries que não trata sobre o assunto onde a vítima, vira o culpado.  Nessa série não. A vítima é realmente a vítima. 

Pra quem não sabe do que eu estou falando, vou explicar a série para vocês. Trata de uma menina, Hannah Baker, que não tem amigos, e quando consegue, tenta de toda forma se adequar a realidade deles. Mais no fim, todos pisam na bola com ela de alguma forma. Tanto paqueras, amigos, pessoas próximas, enfim... 

Assim como eu, muitas pessoas que sofreram bullyng na infância, se viu na série. Sempre tem algum engraçadinho pra te zoar, pra te humilhar, pra te apelidar e ás vezes, vazar fotos suas. E deixa eu te falar: Não faz bullyng só aquele menino que te xinga, os que dão risada, os que apoiam, que não se impõe de alguma forma, também fazem bullyng com a vítima. E isso sempre acontece na pior fase da sua vida: Adolescência. Como se já não bastasse você estar saindo daquela fase de bonecas e vídeo game, os hormônios a flor da pele, espinhas nascendo no seu rosto, primeira menstruação, muitas pessoas passam por isso nas escolas e por medo, não falam com ninguém. Engole tudo e segue a vida (ou não)

O que eu quero dizer com tudo isso: Não seja um dos porquês na vida dos outros. Não faça nada que você não queira que façam com você. É difícil? Pra caramba, mais tem como. 

A série relata muito bem a realidade de muitos adolescentes hoje em dia, que eu particularmente nunca vi igual. Vi muitas pessoas falando que era muito mimimi sobre a série, que parecia ser maravilhosa, mais não é.. Gente, pela mor da Deusa, essa série não é uma série para ser maravilhosa, e sim servir de um alerta para muitos pais ficarem atentos com o dia-a-dia do seu filho, e até mesmo aos adolescentes, principalmente aqueles que sofrem algum tipo de distúrbio psicológico: Procure ajuda, sempre. Por mais ruim que a situação seja, procure ajuda de alguém. Seja um amigo, um pai ou um profissional. Pessoas são maldosas e destroem muito mais que a sua auto estima. 

Eu indico realmente esta série para quem quer entender melhor sobre os assuntos citados acima. Que queira abrir a mente e absorver de alguma forma, os assuntos abordados nesta série. 

Na primeira temporada foi retratado os motivos que levam ao suicídio, nesta segunda temporada que foi confirmada, vai tratar as consequências de um suicídio. Espero que continue boa tanto quanto foi a primeira temporada.

Espero que tenham gostado e ajudado você que está lendo de alguma forma. Beijos ♥ 

2 comentários:

  1. Eu ainda não assisti a série mas percebi o impacto que ela causou nos meus amigos e conhecidos que assistiram. As opiniões foram divididas. Mas mesmo ainda não tendo visto, á sofri bullying e sei como é um ato vergonhoso e maldoso. Todo mundo deveria ver isso e se inspirar para não virar um porque de alguém, mas infelizmente muitos que defendem essa bandeira são hipócritas. =/

    Beijo,
    Larissa <3

    Blog - "Madame Poison"

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É bem isso. Os moralistas de facebook, são os primeiros a tirar sarro de uma gordinha, uma magrinha, uma com espinha... Tudo o que eles chamam de exagero/bizarro. Lamentável.
      Beijos ♥

      Excluir